O Dia Mundial da Amamentação, celebrado em 1º de agosto, tem como objetivo conscientizar sobre a importância do aleitamento materno, único alimento que um bebê precisa nos seus seis primeiros meses de vida, pois contém proteínas e anticorpos que o nutrem e o protegem.

A criança que mama exclusivamente no peito aprimora a mastigação, a respiração e possui uma fala mais adequada. Além disso, tem menos possibilidade de apresentar uma diarreia e de desenvolver alergia e doenças infecciosas – como a respiratória e a urinária, por exemplo.

A amamentação também é vantajosa para a mãe. Pesquisas apontam que mulheres que amamentam têm menos chance de desenvolver diversos tipos de câncer, como útero, ovário e mama. A mamada também ajuda no descolamento da placenta, auxilia o útero a voltar para o tamanho normal e proporciona perda de peso.

A amamentação pode ser desconfortável no início, mas não deve ser uma experiência dolorosa. Se estiver doendo a ponto de fazer se encolher, procure ajuda de um profissional. É normal muitas mulheres não conseguirem amamentar e recorrerem a bancos de leite. Fique tranquila!

Siga-nos nas redes sociais e entre em contato:
Facebook: @suzanturoficialmaua
Instagram: @mauasuzantur

Menu